Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2018

O Pedreiro

Durmo ao nascer da noite levanto ao fim do escuro. Lá vou eu para a obra, para o muro marretar, quebrar, pintar e emassar.
Penso sempre em desistir. Ê luta! O suor que escorre é só mais uma marca Tudo é luta. Tudo é glória e derrota. Lá vou eu marretar, quebrar, pintar e emassar.
Lá vou eu quebrar meu muro. Lá vou eu desfazer meu mundo. Lá vou eu ornar meu muro. Lá vou eu refazer meu tudo.
Sou o construtor dessa história. O pintor das minhas facetas diárias. O destruidor das minhas quedas. Aquele que faz, desfaz e refaz.
Sou aquele que quer resistir. Sou esse que está cansado de desistir. Sou esse que quer refazer o desfeito chegar na obra e gritar batendo o peito: - Sou o pedreiro.


Thiago Pina

Pai de Todos

Ai, que saudade que eu sinto. Sim, é no sonho, é na vida É na alma, na esquina, no boteco É tanta falta que faz.
Daquela seriedade nas fotos Daquele carinho com cada criança Era um mármore de esperança É saudade!
Comer na mesma mesa contigo Papear de leve, sorrir pra vida Foste feliz.
Teus filhos aqui ficam órfãos de ti que estás junto do pai Oro eu para ver-te um dia.
Êta, saudade de ti Pai de todos. Amo-te. Um beijo do filho que fica.


Thiago Pina