Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

É Forte!

Imagem

Teu Oceano

Imagem
Enfim... o novo amanheceu
Onde não se achava a fé....
Dava pra ver o quanto sofreu...
Dava pra sentir que estás de pé!
Será que enfim te achei em mim?

E eu me perdi nesse teu olhar de amor!
Entreguei as batidas do meu coração!
Mergulhei no oceano da doce paixão!
Por um momento eu perdi a razão...

Tu és capaz de me tirar meu ar!
E devolver em nostalgia pra sonhar
Que é real! É mais que um calor!

Teus mistérios são um oceano
E teu coração é uma morada!
É uma nova e longa estrada
São águas profundas que amo!

Sonhar é acreditar que o amor é real!
É viver a cada dia pra te conquistar
E aprender a sorrir depois de chorar...
É escrever mais e concluir um final!

Há paz mesmo em meio as ondas.

Parado na sua Porta

Imagem
Vou bancar o ridículo e dizer:
Eu estou morrendo de medo!
Pois não quero viver e morrer
na margem, na porta, tão cedo...

Meu Deus! E se eu ouvir um não?
Será que esperar na porta valerá tanto?
Será ela? A dona do meu coração?
A ladra da minha razão? Esperei tanto...

Debaixo de tanta confiança bate um medo!
Tão forte que faço dele um denso segredo!
Naquele olhar de amor que me domina
Me desvenda, me descobre e me fascina...

Vem até mim e me despe de toda muralha,
toda pedra do calvário que fiz questão de erigir.
Vem e me faz prisioneiro de guerra em batalha
Porém, me liberta da vida que tratei de instituir...

Ainda banco o ridículo em entregar
tesouros tão simples ao puro olhar
versos de um poeta que luta com ardor
versos de um poeta a te pedir só amor...

Com o coração na mão e batendo
tudo o que interessa é a sua voz!
Teu rio correndo... toda tua foz...
Em resposta da vida crescendo...

Tem um poeta parado na sua porta...

Um Presente!

Imagem
Ouso e te digo que tu tens valor!
Tu tens te tornado o ar que respiro...
Tens o descanso, o renovo e o ardor!
És de arrancar de mim um suspiro...

Tu me trazes um descanso bom!
Num sossego de um simples abraço
que aos poucos toma mais espaço
como uma canção, tornou-se um som!

Se em mim vês plena inteligência
é porque não viu em ti mesma sabedoria!
Uma sinceridade avassaladora de verdade
e um olhar sincero e desejoso de amor!

Confesso que estou impressionado!
Quem daria chance a um poeta solitário?
Quem olharia nessa fera e daria a mão?

Quem arriscaria se viciar em poeta tal?
Quem mais acredita em um feliz final?
Por tal não te darei só uma metade de mim!
Te darei meu tudo até te arrancar um "sim"!

Nem terás apenas horas a fio e atenção!
Pois te darei o melhor presente por razão!
É um que vai valer a pena: meu coração!
Será que podes aceitar?

É Real!

Imagem