Os Cinco Sentidos


Aos que acordam
e enfim levantam
dos sonos saborosos
com sabor de mel
olhem como está lindo o céu

Aos que caminham
sintam os pés no chão
sintam esse pleno violão
tocar cada nota do seu dia
e trazer-te completa alegria

Aos que procuram
peçam a Deus para achar
versos como esse ao luar
rimas perfeitas sem um par
para conjugar o verbo amar.

Ah! Meu Deus!
Dai-me a tua força
para que eu torça
para minha alma encontrar
o que vim na terra procurar.

Me faça ter os olhos
para enxergar o adormecer
da mulher que vim a conhecer.

Me faça ter a boca
para sentir o sabor do seu beijo
para que eu sucumba ao desejo.

Me faça ter ouvidos
para ouvir seus singelos sussurros
dizendo que me ama sobre os muros.

Me faça ter o olfato
para sentir o cheiro dos cabelos
sedosos e macios, eis um fato.

Me faça ter o tato
para tocar tua pele nua
de sua beleza plena e pura.

Mas me faça acima de tudo
ter uma alma
para que eu possa amá-la
para que eu possa deixá-la
completa e feliz
mergulhada neste sentimento
que não sairá do seu pensamento
e nunca cairá no esquecimento.

Ah meu Deus me deixe amar
como ninguém jamais amou
me deixe ser mais que um ninguém
me deixe por fim ser algum alguém
amém.

Thiago Guimarães de Pina

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um Poema de Raiva

Educação, pra quê?

Coração de Fogo